1º de Agosto renasce das cinzas

Os militares surpreenderam ontem o Petro no quinto jogo da final dos play-off do Unitel Basket, vencendo por 101-100, forçando assim o sexto embate, amanhã, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, às 18:00

O 1º de Agosto renasceu ontem das cinzas no quinto jogo da final do Unitel Basket, ao vencer o Petro de Luanda por 101-100, no Pavilhão Victorino Cunha. Um resultado apertado para o cinco do Rio Seco, porém, amanhã regressa à Cidadela com o objectivo de forçar o empate (3-3). A acontecer, vão disputar a finalíssima, ou seja, o sétimo jogo, facto que aumentará as convicções da equipa orientada por Paulo Macedo. Perante este cenário, os pupilos de Lazare Adingono têm a obrigação de corrigir as falhas cometidas na partida anterior.

Assim, devem recuperar forças para abrir o champanhe no seu reduto, depois de já se ter adiado duas vezes, na Segunda-feira e ontem. O 1º de Agosto não está muito aquém do seu jogo colectivo, mas o extremo base Emmanuel Quezada continua a dar “fezada” à equipa. O dominicano foi o melhor marcador da partida ao anotar quarenta e dois pontos, mais sete em relação a partida anterior. Com dribles e jogadas a curta e longa distância, marcava e dava a marcar sem muito esforço. Os petrolíferos só recuperaram na ponta final do desafio, depois de terem estado muito apáticos na primeira parte.

Foram atrás do prejuízo, pois o rival de longa data aproveitou os erros do adversário para se impor com jogadas à longa distância. Olímpio Cipriano e Lukeny reduziram a vantagem quando faltavam dois minutos e numa outra jogada ofensiva Cipriano voltou a ser travado. Mas, na linha dos lances livres falhou e adiou a festa dos adeptos para amanhã na Cidadela Desportiva, às 18:00. Por sua vez Lazare Adingono admitiu que continuará a trabalhar para vencer em casa, ao passo que o técnico Paulo Macedo, quase sem soluções defensivas e ofensivas, só agradece a Deus.

error: Content is protected !!