Rivais reencontram-se nas meias-finais da Taça de Angola

O 1º de Agosto e o Petro de Luanda medem forças nas meias-finais da Taça de Angola, no dia 22 do corrente mês, no Estádio 11 de Novembro, às 16:00.

Os militares, a uma vitória da conquista do Girabola Zap, começam a preparar o desafio em questão na próxima Segunda- feira. Porém, neste momento, estão focados no jogo da última jornada do Campeonato Nacional, no Domingo, frente ao Kabuscorp do Palanca. A acontecer o triunfo, abrirão o champanhe, uma vez que o Petro de Luanda está a lhes morder os calcanhares.

A diferença pontual é de um ponto, ou seja, (64/63). Por isso vai ser uma meia-final imprópria para cardíacos. As duas equipas voltam a pisar o tapete verde do Estádio 11 de Novembro com o rótulo de campeão ou vice. Os tricolores são os detentores do troféu, no entanto revalidar é a palavra de ordem no seio do grupo, aliás, se perder o Campeonato salva a época. Como é evidente, também começa a preparar o desafio da Taça de Angola na próxima semana, porque fecha o Girabola Zap com o Progresso do Sambizanga. Nos quartos-de-final, o 1º de Agosto deixou para trás o Progresso do Sambizanga, no Estádio dos Coqueiros, em Luanda.

O tricampeão nacional venceu por duas bolas a uma. Os sambilas ainda marcaram primeiro por intermédio de Chiló. Na reacção, Mabululu bisou e colocou a equipa fundada em 1977 na outra fase da Taça de Angola. Por sua vez, o Petro vergou o Bravos do Maquis do Maquis por uma bola a zero, resultado muito reivindicado pelo técnico maquisarde Zeca Amaral. Na outra partida, o Desportivo da Huíla eliminou o Kabuscorp do Palanca por 5-4, na marca das grandes penalidades. No Uíge o Interclube deixou para trás o Santa Rita de Cássia por 4-3, na mesma lotaria.

error: Content is protected !!