Noite de gigantes nos play-off

O Petro de Luanda vai hoje ao pavilhão da Cidadela para abrir o champanhe. O 1º de Agosto bate-se para forçar o sétimo jogo da final do unitel Basket. Os tricolores vencem a série por 3-2. Forçar a finalíssima é o objectivo dos militares

É hoje! Um jogo. Com objectivos distintos. O Petro recebe o 1º de Agosto para o sexto embate da final dos play-off do Unitel Basket, às 18:00. No Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, os tricolores são obrigados a vencer para abrirem o champanhe. Por sua vez, o cinco do rio seco quer reascender, ou seja, surpreender o rival de longa data e forçar o sétimo jogo, a finalíssima, no Domingo.

Os petrolíferos venceram os três primeiros encontros por (89-84; 77- 65 e 74-71) com alguma vantagem técnica e táctica. Nos jogos seguintes, o clube das Forças Armadas reagiu e vergou a formação do eixo viário por 73-70 e 101-100 nesta Quarta-feira. O resultado, apesar de ter sido tangencial, alimenta a esperança dos militares, tendo em conta as “fezadas” do Quezada. O extremo base do 1º de Agosto tem sido regular nas suas actuações. No último embate marcou quarenta e dois pontos. Por ser rápido nas transações, deixava sempre os adversários do Petro atrás, pelo que finalizava sempre na linha dos dois ou dos três pontos.

O cinco tricolor, mesmo perdendo, sacode a pressão e continua a trabalhar para fazer a festa com os seus adeptos. Por isso, ontem corrigiu e já ultrapassou as falhas, na linha dos lances livres, cometidas por Olímpio Cipriano. O Petro enquanto conjunto tem sido melhor que o 1º de Agosto, aliás o regresso do extremo base Carlos Morais garante mais confiança ao grupo. Nos três primeiros jogos, liderou a equipa, pelo que conseguia passar pelos seus adversários sem muitos sobressaltos. No jogo exterior, marcava sempre, facto que permitiu aos tricolores reduzirem a vantagem no quinto jogo nesta Quarta-feira. Assim, é ponto assente que será um jogo impróprio para cardíacos esta noite na Cidadela Desportiva.

error: Content is protected !!