PRS capacita militantes da região Sul em matérias de autarquias

Com vista a ter uma participação exitosa nas primeiras eleições autárquicas, que o país realiza em 2020, o partido de renovação Social (prS) realizou nesta Quarta-feira, 15, na cidade do Lubango (huíla) o primeiro seminário metodológico regional Sul dirigido a formadores

POR: João Katombela, na huíla

No encontro, em que participaram delegados das províncias do Namibe, Cunene, Cuando Cubango, e da Huíla, a coordenadora regional Sul, Juliana Caquene Adriano, pediu aos seus membros maior engajamento na mobilização dos eleitores para se obter um bom resultado nas eleições autárquicas. “Temos uma tarefa longa, de mobilizar os angolanos no sentido de estes aderirem a todas as fases das autarquias”, disse, acrescentando que se tem que trabalhar mais para se alcançar o alvo programado, que é vencer uma autarquia em cada província.

Gradualismo geográfico

Por seu vez, Pedrito Cuchiri, que representou o presidente do PRS, Benedito Daniel, nesta cerimónia, disse que a matéria sobre autarquias ainda é uma novidade em Angola, por isso, deve-se redobrar esforços na formação dos militantes do seu partido. No seu entender, a implementação das autarquias no país representa a consolidação da democracia iniciada em 1992 com a realização das primeiras eleições em Angola. Durante o seu discurso, Cuchiri disse que o argumento apresentado pelo Governo como sendo a razão da aplicação do gradualismo geográfico ou territorial como modelo para a realização das eleições autárquicas é “um falso problema”.

“É uma violação ao artigo 242º da Constituição da República de Angola, em relação ao gradualismo geográfico e territorial”, afirmou. Explicou que o PRS defende o gradualismo funcional (transferência de funções na medida em que o mandato dos autarcas vai durar), tendo-o considerado como o momento de despertar dos angolanos da política de “divisionismo e de exclusão” Os participantes neste seminário sobre as autarquias vão, de seguida, servir de formadores em todos os municípios das suas respectivas províncias.

error: Content is protected !!