Repatriamento para Kinshasa do corpo de Étienne Tshisekedi agendado para 30 de Maio

Os restos mortais de Étienne Tshisekedi, um adversário histórico opositor político e pai do actual Presidente, devem ser repatriados para Kinshasa na Quinta-feira, 30 de Maio, segundo o seu irmão Gérard Mulumba.

A cerimónia de enterro, marcada para 1 de Junho, poderia reunir vários chefes de Estado estrangeiros. Mais de dois anos após a sua morte em Bruxelas, Étienne Tshisekedi deveria finalmente embarcar na sua última viagem.

O irmão do falecido, o arcebispo emérito de Mweka, Gérard Mulumba, disse à Jeune Afrique que a repatriação do seu corpo para Kinshasa seria feita “Quinta-feira, 30 de Maio”. Um avião deve ser fretado especialmente de Bruxelas, onde o corpo permanece em câmara fria.

error: Content is protected !!