Ravinas absorvem mais de dois biliões Kwanzas no Bié

O Ministério da Construção vai investir mais de dois biliões de Kwanzas para estancar e reconstruir as zonas afectadas pelas ravinas na província do Bié, como deu a conhecer ontem, Quarta-feira, na cidade do Cuito, o governador em exercício José Fernando Tchatuvela, citado pela ANGOP.

Do valor a ser empregue, um bilião, 118 milhões e 313 mil e 574 Kwanzas e 56 cêntimos servirão para o estancamento da ravina do Cangangawé, 295 milhões, 28 mil, 339 Kwanzas e 32 cêntimos na ravina da estrada EN-140 que liga a cidade do Cuito e a comuna do Cunje e a ravina na estrada EN-250 junto da centralidade Horizonte do Cuito, num valor de 178 milhões, 56 mil, 964 Kwanzas e oito cêntimos.

A empreitada abrange ainda o estacantamento e estabilização da ravina na EN-140, que liga o município do Chitembo com a cidade de Menongue (Cuando Cubango), num valor de 572 milhões, 787 mil, 851 Kwanzas e 36 cêntimos. No acto de consignação, o governador em exercício, José Fernando Tchatuvela, disse haver na província 42 ravinas que afectam directamente as populações desde 2004, sendo estas apenas as mais críticas. Segundo o governante, esforços foram feitos a nível local de modo a conter o aumento das erosões, mas por falta de meios técnicos e humanos capazes não eram resolvidas na plenitude.

leave a reply