1º de Agosto “mira” final da AfroLeague em Luanda

1º de Agosto “mira” final da AfroLeague em Luanda

O 1º de Agosto, que vai disputar amanhã as meias-finais da AfroLeague em basquetebol sénior masculino, só pensa em chegar à final. No Pavilhão Arena do Kilamba, em Luanda, o cinco angolano mede forças com o Smouha do Egipto, às 20:00. A formação do rio seco, mesmo respeitando o adversário do Norte de África, está motivada e tem argumentos para surpreender os egípcios. Pela importância da prova africana organizada pela FIBA, a equipa angolana trabalha e lima as últimas arestas para o embate.

Aliás, no Unitel Basket, Campeonato Nacional, o cinco das Forças Armadas Angolanas cometeu muitos erros na final. Por isso, pagou caro e perdeu a prova para o Petro de Luanda na final dos play-off, a melhor de sete partidas. Volvidos alguns dias, o técnico Paulo Macedo adiantou, depois do treino, que a equipa já ultrapassou o desaire. Posto isto, a equipa continua focada no trabalho, pois vencer a prova para salvar a época é a palavra de ordem.

É ponto assente, segundo o treinador do 1º de Agosto, que teoricamente estudaram os jogos do Smouha, via vídeo. “Estamos a ultrapassar as situaçãos menos boas que vivemos no Campeonato Nacional. Estamos focados na AfroLeague”, assegurou Paulo Macedo, depois da sessão de treinos. O treinador da formação militar mostrou-se satisfeito com a recuperação de Edson Ndoniema, Gildo Santos e Islando Manuel atletas que, por lesão, não apareceram em forma no nacional.

Encontro do Magrebe em Luanda

Na outra partida das meias-finais, o association Sportive de Salé de Marrocos vai medir forças com a congénere do JS Kairouan, da Tunísia, às 18:00, no Pavilhão do Kialmba. as duas equipas têm créditos firmados nesta modalidade, aliás os marroquinos são detentores do troféu. Com este rótulo, estão no palco da competição para chegarem à final. Por sua vez, os tunisinos querem o mesmo lugar, logo não será uma partida fácil para as duas formações do Magrebe.