INEFOP garante primeiro emprego a mais de 100 jovens

INEFOP garante primeiro emprego a mais de 100 jovens

Cento e 35 jovens formados em várias especialidades nos centros de artes e ofícios, do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (Inefop) beneficiaram, este ano, do primeiro emprego em várias empresas do sector estatal e privado. Os jovens foram colocados em empresas do ramo da construção civil, hotelaria, mecânica, electricidade, contabilidade e administração.
A informação foi avançada , nesta sexta-feira, pelo director dos serviços provinciais do Inefop, Rui Bravo, referindo que os recém empregados frequentaram cursos no centro integrado de emprego e formação profissional da Maxinde e nos pavilhões de artes e ofícios dos municípios de Calandula e Cangandala.
Rui Bravo fez saber que uma das grandes preocupações do MAPTESS é reforçar as políticas de incentivo ao emprego e ao empreendedorismo, daí que o INEFOP lançou para o mercado de trabalho 750 jovens, em 2018.
Nos últimos 5 anos, o INEFOP em Malanje formou 5 mil e 993 jovens nos cursos informática, corte e costura, canalização, electricidade, frio, inglês, mecanica auto, contabilidade, alvenaria e decoração.