Inicia a distribuição de lotes para auto-construção no Bié

Duzentos lotes de terra para um projecto de autoconstrução dirigida, estão disponíveis para a população do bairro Esperança, nos arredores da sede municipal do Andulo, a 130 quilómetros a Norte da cidade do Cuito, na província do Bié. A informação foi prestada pelo administrador-adjunto para a esfera Técnica e Infraestruturas do Andulo, Garcia Caliqui, durante a apresentação do Plano de Ordenamento do Município à sociedade civil.

Segundo a fonte, neste momento, estão cadastrados apenas 61 citadinos interessados, apelando aos demais moradores a aderirem o projecto, que visa a melhoria das condições de habitabilidade.

No local estão reservados, de acordo com o responsável, espaços para a construção de escolas, centro de Saúde, bem como postos de transformação de energia, entre outros serviços.

Quanto ao Plano de Ordenamento do Município, afirmou que oferece três fases, sendo a primeira a de estudo e caracterização do Andulo, a seguinte, a de organização dos elementos da planta do ordenamento e os condicionantes, com ilustrações geográficas para a gestão territorial.

Já a terceira etapa é da aprovação do projecto para a sua execução prática, contando com o apoio dos munícipes, através do fornecimento de dados e opiniões acerca do desenvolvimento sócio-económico, para enriquecer o plano e melhorar a perspectiva urbanística actual.

O município do Andulo fica a 130 quilómetros do Cuito, capital da província do Bié. Tem uma superfície de dez mil e 700 quilómetros quadrados e uma população de 250 mil habitantes, maioritariamente camponeses, distribuídos pelas comunas de Calussinga, Chivaulo e Cassumbi.

error: Content is protected !!