Editorial: A cidade foi excluída

Editorial: A cidade foi excluída

Agora que terminou o Fórum Mundial do Turismo, organizado em Angola, há que começar a fazer as contas para ver se se tira algum proveito. O Fórum, não é difícil de imaginar, não foi um evento barato. Portanto, cabe-noso ônus de compensar. Para que o fórum renda algum dinheiro é necessário que se incentive, de facto, o turismo, que se envolvam as pessoas. Luanda não foi envolvida neste fórum, não sentiu, não respirou, não participou na festa, ou seja, foi uma oportunidade perdida. Quem andou por Luanda, em momento algum sentiu que a cidade “queria” ser a capital mundial do turismo. Não se faz turismo apenas com alguns e apenas para alguns. Não foi em vão que um representante turco disse que Angola causa o seu próprio atraso em matéria de turismo, e o que foi que ele apontou? Exactamente a questão dos vistos, esta mania de seleccionar e dificultar a máximo o que deveria ser óbvio.