Porto de Luanda reforça sistema de segurança

O terminal polivalente do Porto de Luanda que é gerido pela empresa Unicargas recebeu da autoridade marítima americana a certificação de níveis excelentes de segurança acima dos 90%. O que coloca a costa marítima de Angola segura para qualquer tipo de embarcação

Em declaração à imprensa, após a visita de jornalistas às instalações do Terminal Polivalente do Porto de Luanda, o presidente do Conselho de Administração da empresa Unicargas, Celso Rosas, referiu que essa certificação, que muito orgulha o país, é resultado de um processo de transformação que está a ser levada a cabo de forma a modernizar o referido terminal, que recebe vários tipos de produtos provenientes de diferentes países. Dentro deste processo de transformação e modernização constam sistemas de câmaras de vigilância instaladas nos mais diversos pontos, com vista a controlar o manuseamento de mercadorias, a entrada e saída de produtos que posteriormente são distribuídos em todo o país.

“Hoje, possuímos um terminal altamente seguro, há maior rigor no acesso quer de pessoas, quer dos meios que entram e saem”, disse o responsável. Manifestou que para a implementação do Código de segurança para Instalação Portuária e navios (ISPS), incorporado de outras acções, aplicaram-se 500 mil dólares.

Unicargas com receita de mil milhões

Celso Rosas, aproveitou a oportunidade para dizer que no primeiro trimestre do ano em curso, a produção em termos de receita é de mil milhões e quinhentos milhões de kwanzas (1.000.500.000.000 kz). Avançou ainda que desde a sua tomada de posse, em 2018, a empresa produziu cinco mil milhões e trezentos milhões de kwanzas (5.000.000.300.000.000). Segundo o responsável, uma tendência progressiva de crescimento daquilo que é a produtividade da empresa que dirige. Celso Rosas garantiu um aumento salarial ainda este ano para os seus trabalhadores, sem precisar a percentagem.

Reabilitação do cais.

A reabilitação do cais do terminal polivalente do Porto de Luanda, prevista para o ano em curso, está orçada em USD 400 mil. Adiantou ainda que em breve será realizado o concurso público para a selecção da empresa que vai levar a cabo a grande missão. Em 2018, atracaram no Terminal Polivalente do Porto de Luanda, concessionado à Unicargas, 100 navios, sendo 87 de longo curso e 13 de cabotagem. Nos primeiros três meses deste ano atracaram 35 navios, sendo 26 de longo curso e nove de cabotagem. A Unicargas movimenta mil e 500 toneladas de cargas gerais e entrega 600 toneladas/dia aos seus clientes. A empresa conta com 752 trabalhadores.

error: Content is protected !!