Palancas Negras com “teste de fogo” antes do Africano

As selecções dos Camarões e da Guiné-Bissau vão testar no próximo mês, em Portugal, os aspectos técnicos e tácticos do combinado angolano, antes do Campeonato Africano das Nações (CAN) do Egipto

O vice-presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF) para as selecções nacionais, Adão Costa, disse ontem que os Palancas Negras têm jogos particulares aprazados para Portugal, tendo em vista a sua participação no Campeonato Africano das Nações (CAN), prova a decorrer de 21 de Junho a 19 de Julho, no Egipto. Adão Costa explicou que está tudo acertado com o combinado da Guiné-Bissau, mas falta definirmos o local. “A Guiné-Bissau estará a estagiar na cidade do Porto, ao passo que a Selecção Nacional vai trabalhar no Algarve.

Por este facto, estamos a negociar para jogarmos na cidade de Lisboa”, esclareceu o responsável federativo. Segundo Adão Costa, o mesmo processo está a acontecer com os Camarões, um dos candidatos ao título. Angola figura no grupo E ao lado das selecções do Mali, Tunísia e Mauritânia. Foram chamados os guarda-redes Tony Cabaça (1º de Agosto), Landu (Interclube) e Ndulu (Desportivo da Huíla), os defesas Eddie Afonso e Wilson (Petro de Luanda), Dany Massunguna, Paizo e Isaac (1º de Agosto), Jonathan Buatu (Rio Ave), Clinton Mata (Clube Brugge/Bélgica), Bastos (Lazio), Jonas Ramalho (Girona/ Espanha) e Bruno Gaspar (Sporting de Portugal).

No meio campo Herenilson (Petro de Luanda), Show e Macaia (1º de Agosto) e Stélvio da Cruz (F91 Dudelange/ Luxemburgo). No ataque foram convocados Mabululu (1º de Agosto), Chico (Bravos do Maquis), Gelson Dala (Sporting de Portugal), Mateus Galiano (Boavista/-Portugal), Freddy (Antalyaspor/Turquia), Djalma Campos (Alanyaspor/ Turquia), Geraldo (Al-Ahly/ Egipto), Wilson Eduardo (Sporting Braga/Portugal) e Jérémie Bela (Albacete/Espanha) são os jogadores que estarão às ordens de Srdjan Vasiljevic.

Guiné-Conacri chama 25 jogadores

Vinte e cinco jogadores da Guiné-Conacri foram escolhidos para disputar o Campoenato Africano das Nações (CAN) do Egipto. Deste modo, dois futebolistas locais, nomeadamente societários do Horoya de Conacri, campeão da Guiné-Conacri, que começarão os seus treinos a partir de Quarta-feira, antes de se deslocar no início de Junho próximo a Marraquexe (Marrocos), para preparar a competição.

África do Sul esboça Taça COSAFA

Kgagoelo Sekgota é um dos 23 jogadores convocados por David Notoane para representar a África do Sul na Taça COSAFA, competição que reúne as 16 selecções sediadas na África Austral. Aos 21 anos, Kgagoelo Segkota pode assim somar a primeira internacionalização pela África do Sul. Formado no Polokwane, clube da terra de onde é natural, o avançado chegou ao Vitória de Setúbal no mercado de inverno. Com dificuldades para se impôr entre as opções regulares de Sandro Mendes, Sekgota acabou por realizar apenas seis partidas com o emblema sadino.

error: Content is protected !!