Chivukuvuku esclarece equívocos

O antigo líder da coligação CASA-CE, Abel Epalanga Chivukuvuku, convocou para hoje, às 10 horas da manhã, num dos hotéis de Luanda, uma conferência de imprensa para esclarecer alguns ‘equívocos’ que surgiram sobre o seu estado de saúde e os desafios para os próximos tempos.

Substituído da presidência da terceira maior força política do país, o político, que durante vários anos militou na UNITA, onde chegou a líder da sua bancada parlamentar e candidato à presidência, esteve nos últimos dias internado na África do Sul, depois de tratamentos iniciais na clínica Girassol, em Luanda.

Chivukuvuku havia manifestado, em entrevista a alguns órgãos de comunicação social que iria anunciar a nova plataforma que lhe levaria a ser, uma vez mais, cabeça de lista às eleições gerais de 2022. “Há muitas informações desencontradas a seu respeito. Alguns dizem que teve um AVC e não se consegue locomover, e outros que terá ficado com os rins paralisados, razão pela qual terá que fazer sessões de hemodiálise regularmente.

Na verdade, nenhuma destas informações corresponde à realidade”, contou uma fonte, explicando que ‘ a saúde do Abel (Chivukuvuku) está boa, o problema que lhe levou à África do Sul foi decorrente de uma malária e a hemodialise que se fez foi no sentido de se prevenir que os rins tivessem um problema. É normal em casos de malária que os pacientes tenham o fígado ou os rins afectados”.

leave a reply