Embaixador Arcanjo do Nascimento preso preventivamente

A Procuradoria Geral da República (PGR) decretou ontem, em Luanda, a prisão preventiva do ex-embaixador plenipotenciário de Angola na República Federal e Democrática da Etiópia e junto da União Africana, Arcanjo Maria do Nascimento.

Os magistrados do Ministério Público junto da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) decidiram aplicar tal medida de coacção pessoal ontem, depois de recolherem novos elementos de provas, com vista a salvaguardar o interesse da investigação e por se mostrar necessária e adequada.

A PGR diz, em comunicado de imprensa, que o diplomata foi constituído arguido no processo crime nº 48/2018, que se encontra em fase de investigação e instrução. Sobre ele pesam fortes indícios de ter cometido os crimes de peculato e de branqueamento de capitais, cometidos durante o tempo em que exerceu, em comissão de serviço, funções na Etiópia.

error: Content is protected !!