Job no “cano” de Toni Cosano

O técnico do Petro de Luanda, Toni Cosano, segundo fontes do clube tricolor, terá posto o nome do avançado Job na lista de dispensas.

Os motivos não foram avançados, mas nos corredores do Catetão, casa dos petrolíferos, só se fala da saída do capitão. O espanhol, que recebeu voto de confiança da direcção de Tomás Faria, já começou a estruturar a equipa que vai atacar o Girabola 2019/2020. A acontecer, a hegemonia do atleta poderá cair por terra, uma vez que não tem sido muito cordato com os seus colegas, de acordo com as fontes deste jornal. Ao longo da temporada 2018/2019, que consagrou o 1º de Agosto campeão nacional pela quarta vez consecutiva, o jogador do Petro terá sido (ir)regular aos olhos do técnico.

Toni Cosano vai discutir o título na próxima época, por isso tem a liberdade de trabalhar sem a mão invisível da direcção do Petro. Por esta razão, Carlinhos, Mira e Hélio já passaram pelo “cano” do técnico espanhol, ou seja, foram dispensados. No Catetão, os adeptos estão divididos, mas, estes não podem imiscuir-se no trabalho do treinador. De acordo com as fontes de OPAÍS, se Job sair do Petro de Luanda, o Kabuscorp do Palanca tudo fará para contar com os seus préstimos.

error: Content is protected !!