Cada vez menos felizes

Cada vez menos felizes

Conforme vai crescendo a população angolana, logicamente vai crescendo também o número de crianças e, assim, também o número de crianças infelizes e sem futuro. Não está em causa apenas a construção de escolas, que é praticamente . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta