Luanda: Mãe mata sua bebé depois de discutir com o marido

A Polícia Nacional, com as suas forças afectas ao Comando Municipal de Viana, no Distrito do Kikuxi, tem detida uma cidadã que está a ser acusada de ter matado a sua filha recém-nascida por asfixia, depois de se ter desentendido com o seu esposo

O crime aconteceu no Kikuxi, na rua Bequessa, no dia 31 de Maio, quando uma cidadã nacional, de 32 anos de idade, por desentendimento entre ela e o suposto pai da vítima, acabou asfixiando a própria filha, a menor de quatro meses de idade. A acusada executou a asfixia com as próprias mãos, de seguida colocou o cadáver num saco de arroz, abandonando-o num contentor de lixo, segundo informações da Polícia Nacional na sua página das redes sociais. Importa referir que foi aberto um processo- crime e remetido ao Serviço de Investigação Criminal, para procedimentos legais.

Ainda em Luanda, no âmbito das acções de combate ao crime, a Polícia Nacional e o SIC detiveram, recentemente, três cidadãos por acusação de crime de homicídio voluntário, em que foi vítima um soldado das Forças Armadas Angolanas (FAA). Segundo informações, o crime ocorreu no bairro Cazenga Popular, quando a vítima saía de um convívio e se dirigia a casa, onde foi surpreendido pelos acusados que efectuaram vários disparos contra a região torácica do mesmo, tendo este perdido a vida.

Encontro com a comunidade

De modo a prevenir o crime e enfatizar o policiamento de proximidade, o Comando Municipal de Icolo e Bengo, em Luanda, realizou a 1 de Junho um encontro de concertação com a comunidade oeste-africana local, presidido pelo subcomissário Gabriel Capusso, (comandante municipal), coadjuvado pelo superintendente Marcelino, chefe do SME local. Participaram no encontro 60 cidadãos oeste-africanos e foram discutidos assuntos inerentes à segurança da comunidade, bem como foram passadas instruções importantes em relação à auto-protecção.

De igual modo, o Comando Municipal de Kilamba Kiaxi reuniu-se com a comunidade de motoqueiros (mototaxistas) do triângulo da Vila Estoril, Golf 2 e com os moradores dos bairros Cambambe I e II, Distrito do Nova Vida. Este conjunto de encontros insere- se na estratégia de aproximação às comunidades, no âmbito, quer do policiamento de proximidade, quer do policiamento orientado para o problema.

error: Content is protected !!