O líder rebelde do Sudão Yasir Arman foi detido

Um líder rebelde sudanês que regressou do exílio após o derrube do Presidente omar al-Bashir foi preso na Quarta-feira, disse a sua organização

Yasir Arman, vice-chefe do grupo do Movimento Popular de Libertação do Sudão do Norte (SPLM-N), voltou no mês passado e juntou-se a outros grupos de oposição que se reuniam com líderes militares que derrubaram Bashir, segundo relatos de medias locais. Mas essas conversas foram interrompidas e depois “desmoronaram” após as forças de segurança terem invadido uma concentração de protesto no centro de Cartum na Segunda-feira.

Arman foi detido pelos serviços de segurança em sua casa em Cartum, disse um porta-voz do seu grupo, sem fornecer detalhes sobre os motivos. Ninguém estava imediatamente disponível para comentar sobre os serviços de segurança.Arman havia sido condenado à morte à revelia pela sua participação numa rebelião contra o Governo de Bashir desencadeada no Estado sudanês de Blue Nile em 2011.

O SPLM-N inclui muitos combatentes que ficaram do lado dos rebeldes do Sudão do Sul em décadas de guerra civil alimentada por questões étnicas, ideológicas e petróleo, que terminaram em um acordo de paz em 2005. Mas eles foram deixados no Sudão quando esse acordo abriu o caminho para a secessão do Sudão do Sul em 2011.

error: Content is protected !!