Carta do leitor: O silêncio da FAF

POR: Jesus A.D. Zola
Zaire

Nos últimos dias fala-se muito da preparação do CAN 2019 que o Egipto vai acolher a partir do dia 21 do corrente mês até ao dia 23 de Julho próximo. A equipa angolana, nossa e de todos, prepara a prova africana no Algarve, em Portugal. Mas, aos poucos vão surgindo factos menos abonatórios para a equipa de todos nós. problemas financeiros continuam a inviabilizar a preparação, sobretudo no que concerne aos prémios diários. Fala-se também que a equipa não terá treinado nesta Segunda-feira por não ver a cor dos valores. por esta razão, o silêncio da FAF preocupa-me, porque sou angolano e amo o futebol. gostaria que aquele órgão fosse mais actuante e criasse melhores condições para os nossos irmãos. com isso, vamos ter uma participação a altura no CAN, de que os camarões são os detentores do troféu. Fala-se também que os atletas, em estágio, questionaram a direcção da FAF sobre os 600 mil dólares, valores inerentes ao prémio de qualificação. Mas, ao que se sabe, a FAF terá passado ao lado da resposta convincente, por isso sugiro que o ambiente seja de união e compreensão. Não podemos ir ao CAN como se fosse um barril de pólvora, pois precisamos fazer uma campanha a altura. Já se vislumbra algum futuro da nossa selecção, tendo em conta os feitos da equipa sub- 17 no CAN da categoria na Tanzânia.

error: Content is protected !!