Crianças e jovens de cabinda recebem aulas gratuitas de criação de jogos

A iniciativa visa estimular a criatividade, o raciocínio lógico e matemático dos participantes, bem como desenvolver as suas competências no âmbito da criação de jogos. Estima-se que futuramente este mercado renderá mais de 100 bilhões de dólares

Cerca de 40 crianças e adolescentes, com idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, na província de Cabinda, estão a beneficiar de formação grátis em programação, promovida pela empresa de telecomunicações Unitel. De acordo com uma nota de imprensa a que OPAÍS teve acesso ontem, em Luanda, a acção formativa, que decorre na” Mediateca móvel de Cabinda” visa o “empoderamento” digital das comunidades e o desenvolvimento de competências em matéria de criação de jogos.

Por um período de cinco dias, durante 40 horas, em dois períodos, os jovens pertencentes ao Instituto Politécnico Dom João II e do lar Betânia recebem processos de instruções sobre o conceito de jogos, processo de criação, estrutura, etc.. Na lista consta ainda o conhecimento de documentos de design de jogos (GDD), processo de instalação e entendimento da Interface, remodelação dos projectos, criação de câmaras inteligentes e efeitos sonoros, sendo que também estão incluídos os exercícios teóricos e práticos em sala de aula. Segundo a directora-geral adjunta para os Assuntos Corporativos da Unitel, Eunice de Carvalho, a referida iniciativa contribui para a inclusão digital dos jovens, bem como pode despertá-los para o mercado de trabalho no futuro.

O mercado dos jogos é dos que mais crescem no mundo, e previsões dos especialistas apontam que vão gerar mais 100 biliões de dólares. “Sabemos também que programar estimula a criatividade, o raciocínio lógico e matemático, a socialização, entre outros, permitindo, assim, reflexos positivos no percurso escolar dos participantes”, disse Eunice de Carvalho. A acção de formação enquadra-se no projecto de responsabilidade social da Unitel e conta com as parcerias da BukaApp e da Rede de Mediatecas de Angola.

error: Content is protected !!