MININT nega envolvimento de efectivos do SIC em assalto no cazenga

A delegação do Ministério do Interior (MININT) em Luanda afirma não existirem indícios de envolvimento de efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) no assalto que ocorreu, Domingo, no Cazenga, em que foi baleado mortalmente um cidadão, seguido do roubo de uma motorizada.

A acção ocorreu na tarde de Domingo, no Bairro das Bananeiras, quando dois assaltantes, supostamente trajando coletes do SIC, interpelaram a vítima, balearam-na e roubaram a motorizada, de acordo com alguns populares. Em declarações à Angop, o intendente Mateus Rodrigues disse que não existem indícios que apontem que elementos do SIC tenham cometido o crime.

“Podemos confirmar que foi um roubo qualificado de uma motorizada, na via pública, em que foi produzido um disparo contra a vítima, que veio a óbito no local”, sublinhou. De acordo com o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da referida delegação, especialistas em criminalística colheram informações contrárias quanto ao uso de coletes do SIC pelos assaltantes, mas a investigação continua.

Nas últimas 24 horas, a Polícia deteve 38 cidadãos em Luanda, suspeitos de envolvimento em diversos crimes de fórum comum. Foram apreendidas cinco armas de fogo, utensílios de utilidade doméstica e artefactos usados para a realização de crimes. Nas estradas registaram-se três acidentes de viação e, em consequência, uma pessoa ficou ferida, além de danos materiais avaliados em dois milhões de Kwanzas.

error: Content is protected !!