AN recolhe donativos para acudir vítimas da seca no Sul

O lançamento da campanha aconteceu ontem, em Luanda, e contará com a participação de deputados e de funcionários da Assembleia Nacional

A presidente em exercício da Assembleia Nacional, Emília Carlota Dias, assegurou que os funcionários parlamentares vão apoiar as populações duramente fustigados pelos efeitos das alterações climáticas na região Sul de Angola. Para tal, lançaram uma campanha que visa angariar donativos de primeira necessidade, como bens alimentares, vestuários e valores monetários. A decorrer de 12 de Junho a 12 de Julho do corrente ano, pretende-se atingir uma boa quantidade para ser em caminhada às províncias da Huíla Namibe, Benguela, Cuando Cubango e Cunene.

Emília Carlota Dias, disse que enquanto representantes do povo na Assembleia Nacional (AN), pretendem juntar-se a esta causa. “Temos estado a acompanhar que no presente ano agrícola muitas regiões no país, nomeadamente nas províncias no Cunene, Cuando Cubango, Huíla, Namibe e Benguela, foram afectadas pela seca, fazendo com que muitas pessoas e milhares de cabeças de gado fossem severamente afectadas por este fenómeno”, referiu a dirigente, para quem “o sofrimento do nosso povo deve levar-nos a juntarmo-nos a esta justa causa”. Já para o deputado da bancada parlamentar da UNITA Raúl Danda, a campanha lançada representa uma vontade expressa por parte dos deputados e funcionários parlamentares, no sentido de todos participarem no esforço de procurar minimizar o sofrimento dos irmãos do Sul do país, por causa da seca.

Questionado sobre facto de tomarem a iniciativa apenas agora, Danda, justificou que aos parlamentares cabe apenas o papel de proceder à advocacia nos problemas das populações, uma vez que diz ser tarefa do Estado solucionar este problema. Na semana passada, a Rádio Nacional de Angola lançou igualmente uma campanha com o lema “Unimos o país pelas vítimas da seca”. Esses donativos poderão ser entregues nas portarias das estações de rádio do grupo RNA, em todo o país, sendo que em Luanda a recolha será feita no campo de jogos Manuel Berenguel, junto à portaria dos estúdios centrais da RNA; Rádio Viana e no Centro de Produção da TPA, no Camama. Durante a campanha, serão realizadas actividades recreativas e desportivas no campo Manuel Berenguel, nas quais serão convidadas figuras públicas da música, comunicação social, política, entre outras.

error: Content is protected !!