Os Rappers (na sua maioria) não representam a Cultura Hip-Hop

POR: Carylson Alberto

Eu tinha o hábito de acompanhar as entrevistas dos Rappers, mas por milhares motivos eu deixei de acompanhar.

E um dos motivos é o simples facto de os rappers não passarem informações sobre o que é a Cultura Hip-Hop, já que nas músicas também não o fazem. Nota-se que de facto as entrevistas só servem para vender os seus produtos. Há um ano, eu acompanhei a entrevista do Biura (actualmente eleito o melhor rapper do ano 2018 em Angola) numa das estações de Rádio, onde o artista afirmou que ele é Hip Hopper, usando um termo errado. E eu vejo quase todos os rappers usando esse termo “errado”.

Ao que tudo indica, os rappers que usam esse termo ERRADO, não têm conhecimentos básicos sobre o que é Hip Hop e, por isso, representam mal a Cultura. Um recado para os rappers e a todos os amantes de Rap: Hiphoppa é a manifestação do Hiphop. Aqueles que vivem os princípios da cultura são chamados “Hiphoppas” e não “Hip Hoppers” porque viver Hip Hop é pensar Hip-hop. Os rappers (na sua maioria) representam mal a Cultura Hip Hop e isso não se deve debater. A título de exemplo, se olharmos para a juventude, vamos notar uma grande percentagem de jovens que de facto não conhecem o que é Hip Hop, sabendo que o estilo de música que os jovens mais estão a consumir é o RAP. Se o RAP é música da Cultura Hip Hop, como é possível os jovens na sua maioria não saberem o que é Hip Hop e para que serve o Hip Hop? Num dos meus textos passados eu falei sobre os acrónimos da Palavra “H.I.P H.O.P” e notei que os jovens não sabiam o que significa HIP HOP de acordo com os acrónimos.

E quando mandei o mesmo texto aos rappers pelo whatsapp, alguns mostraram-me que também não conheciam o significado da palavra HIP HOP de acordo com os acrónimos. A questão é: como é possível os rappers (na sua maioria) representarem a Cultura Hip Hop se os mesmos também não conhecem o que é o Hip Hop de acordo com os acrónimos e para que serve? Segundo KRS ONE, a maioria das pessoas não compreendem que fazem parte da história até ser tarde demais, o Hip Hop é uma cultura global e nós somos seus arquitectos culturais. O que falamos e fazemos hoje será a história estudada no futuro. Aquilo que acreditamos de nós mesmos hoje será o que as nossas crianças irão acreditar sobre elas mesmas amanhã. As nossas acções hoje irão informar as nossas crianças sobre o que elas são capazes e o que elas podem se tornar. Ou seja, se não mudarmos o quadro sobre aquilo que nós chamamos representar a cultura HIP HOP que eu considero de forma errada de acordo com os princípios da mesma cultura, estaremos a ser cúmplices do erro e as próximas gerações também irão mal a Cultura Hip Hop e assim sucessivamente.

error: Content is protected !!