Sete repetentes e 16 estreantes no CAN2019

Sete dos 23 eleitos do seleccionador Srdan Vasiljevic já representaram Angola na fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) em futebol, com destaque para Mateus Galiano e Djalma Campos, que já vão na quarta presença. Enquanto isso 16 fazem a sua estreia, nomeadamente Toni Cabaça, Ndulo, Isaac, Paizo, Wilson, Herenilson, Macaia, Wilson Eduardo, Gelson Dala, Bruno Gaspar, Jonathan Buatu, Edi Afonso, Evandro Brandão, Mabululo, Show e Freddy.
Mateus e Djalma, dos mais experientes do combinado nacional, depois de três participações, voltam a merecer a confiança para ajudar os Palancas Negras na luta por uma campanha igual ou melhor aos quartos-de-final, seu melhor registo.
O avançado do Boavista de Portugal estreou-se no Ghana, em 2008, prova em que jogou 56 minutos, em três partidas.

Esteve igualmente no Gabão/Guiné Equatorial, em 2012, onde fez 270 minutos em três desafios, tendo apontado um golo.
Já na última aparição dos Palancas Negras neste evento continental, na África do Sul, em 2013, o ex-atacante do 1º de Agosto esteve em campo durante 244 minutos, também em três encontros.
De 34 anos, Mateus Galiano foi um dos grandes obreiros da qualificação da selecção nacional para esta edição, ao ser o melhor marcador da campanha, com quatro golos.
Já o médio Djalma Campos, de 32 anos, fez a sua primeira prova em 2010, competição realizada em solo angolano.

Actuou em quatro jogos, num total de 318 minutos.
O antigo jogador do FC do Porto de Portugal evoluiu ainda em 2012 e 2013. No Gabão/Guiné Equatorial concluiu 252 minutos em três jogos, enquanto na África do Sul fez 135 em duas partidas.
O defesa do 1º de Agosto Dani Massunguna vai disputar o seu terceiro CAN, depois das presenças em 2012 e 2013. Em cada ocasião, curiosamente, fez 270 minutos em três partidas.
Atletas que tiveram em um africano são Stélvio (2010), Geraldo (2012l) Landu e Bastos (2013).
A 32ª edição do CAN vai decorrer de 21 de Junho a 19 de Julho nas cidades egípcias do Cairo, Alexandria, Ismaília e Suez.
A selecção nacional, colocada no grupo E, abre com a Tunísia (próximo dia 24), seguindo os duelos com a Mauritânia e Mali.

error: Content is protected !!