Comissária da União Africana termina visita ao país

A comissária para os assuntos políticos da União A f r i c a n a (UA), Cessouma Minata Samate, deixou, ontem, a capital do país, no termo da visita de trabalho de três dias a Angola, a convite das autoridades nacionais.

Durante a sua permanência em Luanda, Cessouma Minata Samate reuniu-se com o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, com quem abordou assuntos relacionados com a agenda do Executivo angolano sobre o combate à corrupção, bem como a preparação das eleições autárquicas que Angola realizará no próximo ano (2020).

Na ocasião, a diplomata manifestou interesse em ver os recursos humanos angolanos inseridos nas actividades do Departamento de Assuntos Políticos da União Africana, incluindo nas Missões de Observação de Eleições no continente.

Os dois interlocutores concordaram com a criação da Agência Humanitária Africana para fazer face à deslocação forçada de pessoas, resultante de catástrofes naturais no continente. O diálogo entre Manuel Augusto e Cessouma Minata passou também pelo Acordo da Criação da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), cujo lançamento da fase operacional vai ocorrer na Cimeira da União Africana em Niamey, Níger, a 7 de Julho próximo.

Angola está na fase final do processo de ratificação do referido Acordo. Em Luanda desde Quartafeira, a comissária da União Africana manteve também um encontro com responsáveis do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, em que sublinhou que Angola é um país do continente com “coisas bem-feitas” em matérias de direitos humanos, políticas e no combate à corrupção. Nascida a 14 de Julho de 1961, Cessouma Minata Samate é a embaixadora do Burkina Faso na Etiópia e representante permanente do seu país junto da União Africana e da Comissão Económica das Nações Unidas para a África (UNECA).

error: Content is protected !!