Mais de 100 médicos voluntários salvam vidas nas comunidades

Estes médicos já prestaram assistência a mais de 20 mil pessoas em consultas médicas, palestras, entrega de donativos, recuperação de infraestruturas, realização de torneios interescolares Cento e quinze médicos de diferentes especialidades do Projecto Heróis de Azul, ligados à política de responsabilidade social do Standard Bank (SBA) de Angola, dedicam- se há dois anos a prestar assistência sanitária às comunidades de forma gratuita.

O projecto, que inicialmente apenas prestava apoio a hospitais e organizações médicas disponibilizando medicamentos e material hospitalar, foi apresentado esta semana à imprensa, no Liceu Mutu-ya-Kevela, em Luanda, e contou com a presença da secretária de Estado para os Direitos Humanos e Cidadania, Ana Celeste Januário. Nos dois anos de existência, os médicos já prestaram assistência a mais de 20 mil pessoas em consultas médicas, palestras, entrega de donativos, recuperação de infra-estruturas, realização de torneios inter-escolares.

O Standard Bank adquiriu uma clínica móvel que permitiu chegar às comunidades mais distantes e alcançar mais pessoas fora de Luanda. A clínica móvel permitiu também aumentar o leque de serviços, como as consultas de clínica geral, oftalmologia, estomatologia, otorrinolaringologia, oncologia e fisioterapia.

O objectivo é melhorar a qualidade de vida das comunidades, dando-lhes ferramentas e oportunidades para responder às necessidades básicas de educação e saúde para melhorar a qualidade de vida. O SBA diz ter criado o Heróis de Azul por partilhar os valores de integridade, solidariedade e humanismo para dar retorno à sociedade.

“Não estamos apenas preocupados em dar crédito ou utilizar as poupanças para incentivar investimentos em Angola, mas também temos uma grande preocupação em ajudar as nossas comunidades.

Faz parte dos nossos valores e queremos investir nessas comunidades”, considerou, no acto da apresentação, o presidente da Comissão Executiva do SBA, Luís Teles. Já o responsável pelo projecto Heróis de Azul, Jelson Domingos, realçou que todos podem contribuir para a materialização das acções de apoio às comunidades, desde a partilha de informação à participação em uma ou mais acções no terreno, tendo acrescentado que a sua organização pretende elevar a sua capacidade de resposta aos desafios no sector da saúde. Importa realçar que o Standard Bank é uma rede comercial composta por 19 Agências, 3 Centros de Empresa, 3 Postos de Atendimento e 2 Suites Private.

O Banco encontra-se nas províncias de Cabinda, Luanda, Cuanza- Sul, Benguela, Huíla, Huambo e Namibe. DR DR DR

 

error: Content is protected !!