Casal jovem apresenta livro para “salvação e fortalecimento de lares”

Em 135 páginas, o casal Salvador e Marisa Júlio Francisco contou, sob o título ”Nem só de beijos e abraços sobrevive o lar” sua experiência de vida marital, bem como deu conselhos para salvar casais que estejam à beira do “abismo” e fortalecer quem esteja a entrar para a vida conjugal

O casal Salvador e Marisa Francisco apresenta na Quarta-feira, 19, no Centro Cultural Português, a obra “Nem Só de Beijos e Abraços sobrevive o Lar”, sob égide da Corimba Editora. A obra, que tem 135 páginas, aborda a experiência de vida marital do casal, bem como dá conselhos para salvar casais que estejam à beira do “abismo” e fortalecer quem esteja a entrar para a vida conjugal. O lançamento ocorre no quadro da “Divulgação de Jovens Escritores – Publicação de Primeira Obra”.

O livro é uma cartilha baseada na experiência pessoal dos autores, reunindo alguns ensinamentos dirigidos aos jovens casais, procurando incutir os valores da amizade, honestidade e cumplicidade na relação a dois Salvador e Marisa Francisco, casados há dois anos, mas juntos há mais de sete anos, nunca tiverem interesse antes em escrever um livro, porém, faziam regularmente o acompanhamento de casais vizinhos, amigos e da igreja. Sentindo a necessidade de expandir o seu trabalho para o mundo, nasceu a iniciativa de conceber um livro, de forma a alcançar mais casais, além dos circundantes.“Então, com esse livro, nós não queremos mostrar que somos um casal perfeito, que somos o casal maravilha, mas temos o desejo de levar a felicidade a outras pessoas. Nós pretendemos tornar este mundo num local melhor para se viver”, afirmou Salvador Francisco.

O livro

Quando estamos a namorar, segundo Francisco, tudo é um mar de- rosas, mas a partir do momento em que entramos numa “cela matrimonial”, e começamos a viver com o parceiro, as coisas nem sempre são como as esperadas. “Aí percebemos que nem só de beijos e abraços sobrevive um lar. O lar não é só um mar-de-rosas, como no namoro. É uma batalha constante”, frisou. Todo o mundo sabe o que faz um homem, uma mulher e uma família felizes, disse, acrescentando que, em contrapartida, no livro estão conteúdos que impulsionarão a prática destas acções, tais como fidelidade, relação entre pais e filhos, sogros, amigos e vizinhos, bem como lidar com o dinheiro e dirimir conflitos. Ainda mais, são abordadas as eventuais crises que um casal pode enfrentar e de que forma se pode sair delas. “As fontes de inspiração fomos encontrando ao longo da nossa caminhada, em tudo que já vivemos, vimos, lemos e aprendemos. Os nossos amigos, ao se aperceberem que escreveríamos um livro, reagiram positivamente”, referiu.

Críticas

É característico de projectos literários serem criticados negativamente. Com o casal Francisco não foi diferente. Salvador explica que algumas pessoas ficaram desanimadas e comentários negativos não faltaram. “Mas, mesmo assim, continuamos. Muita gente pensa que para escrevermos este livro pensávamos apenas no dinheiro. ‘É só mais um casal que quer fazer dinheiro, é um tema que vende muito’, recebíamos comentários do género. As coisas não foram bem assim. O nosso objectivo não é esse. Queremos levar a felicidade aos casais”, explicou. Salvador Francisco avançou que o facto de a sua esposa ser encenadora de teatro e directora do grupo teatral Amor à Arte, contribui grandemente para a elaboração do livro. Disse ainda que “Marisa venceu alguns prémios renomados cá em Angola, como a II edição do Globos de Ouro. Então, ela tem essa veia de escrita. Já eu, sou um grande amante da literatura, já fui poeta”.

História do Casal

Salvador e Marisa conheceram-se na Samba. Foram amigos durante um ano e meio e posteriormente namorados. Sem casar, começaram a viver maritalmente. A partir daí o casal passou a viver momentos de muita turbulência. Mais tarde, decidiram casar-se. As coisas estavam todas preparadas, inclusive já se tinha dado entrada dos documentos na conservatória. A cerimónia na igreja também estava marcada, porém, pelo facto de Salvador, na altura, ainda não estar a trabalhar, as famílias dos dois não entraram em consenso, o que se causou a separação do casal. Marisa lutou pelo seu amor. Juntos criaram um empreendimento. Ao longo desses anos foram intensificando o laço entre as famílias dos dois lados. E, finalmente, casaram- se. Hoje, o casal vive feliz e tem três filhos.

error: Content is protected !!