Angola, RDC e RCongo alicerçam relações

Angola, RDC e RCongo alicerçam relações

Pedro Sebastião, que intervinha na sessão de abertura da reunião tripartida dos chefes de segurança desses países, disse ser necessário conformar os aspectos de segurança na sub-região para o desenvolvimento harmonioso dos países. “Temos a responsabilidade de cimentar as nossas relações (…), por isso é sempre bom falarmos de aspectos que conformam a nossa segurança, matéria muito importante para o bem-estar das nossas populações e desenvolvimento dos nossos países”, observou. Pedro Sebastião congratulou-se pelo facto de a região estar em paz.

“Estamos em paz e estão criadas as condições para uma relação frutuosa sem sobressaltos, um espírito que os nossos Chefes de Estados nos têm incutido”, afirmou. A delegação da RDC ao encontro é chefiada pelo conselheiro especial para as questões de segurança do Chefe de Estado, François Beya Kassanga, e, da parte da República do Congo, o secretário-geral do Conselho de Segurança Nacional, Jean Dominique. Angola e RDC partilham 2.500 quilómetros de fronteira terrestre.

E com a República do Congo, tem uma fronteira de 201 quilómetros. Os três países integram conjuntamente, entre outras organizações, a Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), a Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e a União Africana (UA).