Palancas Negras recebem prémios

Fonte da Federação Angolana de Futebol (FAF) assegurou ontem a O PAÍS que os atletas da Selecção Nacional, que já se encontram no Egipto, palco do CAN a partir do dia 21 do corrente mês, receberam o prémio de qualificação, à luz dos 500 mil dólares atribuídos pela Confederação Africana de Futebol (CAF)

Os Palancas Negras receberam esta semana o prémio de qualificação do CAN que a terra dos Faraós acolhe até ao dia 23 de Julho próximo, segundo uma fonte ligada ao processo de entrega. Com este primeiro pagamento, o órgão que rege o desporto rei em Angola cumpre com o que prometeu, embora não saiba o valor que cada um embolsou. Posto isto, virão os prémios ligados às diárias, bem como por objectivos, tendo em conta o que foi definido para a prova africana.

A FAF, de acordo com a fonte deste jornal, recebeu 500 mil dólares norte-americanos da CAF. Deste modo, 300 mil serão destinados aos prémios, ao passo que os outros 200 mil serão investidos nas despesas da Selecção sub-17 que se qualificou para o Mundial do Brasil, em Outubro próximo. Aliás, o Ministério da Juventude e Desportos (Minjude), nos últimos dias assegurou que também havia disponibilizado verbas para os Palancas Negras no CAN. Com esta etapa cumprida, os atletas mostraram-se mais motivados para a festa do futebol africano.

Na semana passada, no estágio em Portugal, os jogadores não treinaram, porque não sabiam como estavam as coisas em termos financeiros. O assunto obrigou a FAF a reunir de emergência e a esclarecer todas as dúvidas ao grupo e à sociedade angolana desportiva. No CAN, Angola vai medir forças no grupo E com a Mauritânia, Mali e a Tunísia, adversário de estreia no dia 24 do corrente mês, na cidade de Suez, às 19:00.

error: Content is protected !!