Estado pode encaixar USD 110 milhões com privatizações de quatro fazendas

Estado pode encaixar USD 110 milhões com privatizações de quatro fazendas

Trata-se do projecto Agro-Industrial da Fazenda do Longa, na província do Cuando-Cubango, de desenvolvimento Agrícola de Camaiangala, na província do Moxico, Fazenda Agro- Industrial do Cuimba, na província do Zaire, e a Fazenda de Desenvolvimento Agrícola de Sanza Pombo, na província do Uíge. As referidas fazendas foram construídas pelo Estado no âmbito do Programa de Combate à Fome e Redução da pobreza do Governo aprovado em 2010. Segundo a chefe do departamento de privatização do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE), Ana Zango, que falava em conferência de imprensa na apresentação do concurso publico, os preços de referência dos referidos empreendimentos agrícolas estão avaliados entre USD 22 milhões a USD 35 milhões.

Por sua vez, Gilberto Luther, administrador Executivo do IGAPE, explicou que, para o Estado, o mais importante é que o concurso que iniciou a 16 de Junho vai estender- se até ao mês de Setembro do ano em curso. Para tal, salientou que o concurso está aberto a potenciais investidores nacionais e estrangeiros que consigam activar, dinamizar a capacidade produtiva e a criação de emprego. Garantiu ainda que os empreendimentos agrícolas estão em bom estado de conservação ao nível técnico com equipamentos de alta tecnologia. Já o representante do Ministério da Agricultura, Carlos Paim, disse que os empreendimentos agrícolas já produziram nos anos anteriores quantidades que foram para o mercado. Na Campanha agrícola 2014- 2015, por exemplo, a Fazenda do Longa colocou 4 mil toneladas de arroz comercial, enquanto a Fazenda Caimangala produziu cerca de 3 mil toneladas de milho.

“Todas estas fazendas já produziam e estão em condições neste momento de entrar novamente no processo produtivo ”, esclareceu No que diz respeito ao emprego, explicou que as fazendas, do Longo, Caimangala e de Sanza Pombo chegaram a gerar um total de 800 postos de trabalho directos, desde engenheiros, operadores de máquina, entre outros. O IGAPE é a instituição responsável pela regulação e monitorização do sector empresarial público e pela execução da política e programa de privatizações das empresas do Estado.

Quatro fazendas por privatizar

A Fazenda de Longa está localizado na província do Cuando Cubango município do Cuíto, comuna do Longa, produção de arroz, numa área de 5.100 hectares Fazendo de Caimangala, localizada na província do Moxico, contempla três vertentes produção de grãos (milho e soja) fuba de milho para ração e uma pecuária para a criação de porcos, numa área de 18.000 hectares A Fazenda do Cuimba, localizada na província do Zaire, dedica-se à produção de aves num total de 9.433 hectares de terra. Fazenda de Sanza Pombo localizada na região agrícola de Lusselua, município de Sanza Pombo na província do Uíge, destinado para a produção de arroz. Numa área de 9.428 hectares de terra.