Movicel e Vodafone acertam questões técnicas e comerciais

 

 

Através de um acordo de consultoria firmado recentemente, as duas operadoras trabalham actualmente para melhorar as questões técnicas e comerciais, avançou o director executivo da Movicel, António Rocha.

Por:Brenda Sambo

 

Um acordo de consultoria e de trabalho conjunto no mercado vai permitir que a Movicel entre na Vodafone partner market, (mercado parceiro da Vodafone), um mercado da operadora que agrega todos os operadores e parceiros de vários países do mundo, perfazendo um total de 700 milhões de clientes.

Além disso, a Movicel vai melhorar o acesso a tarifas, tornando-as mais baixas sobretudo para ligações internacionais (roaming), estabilização da rede, cobertura nacional e melhoria dos seus serviços de voz e de dados.

Para António Rocha, que falava em entrevista à imprensa, o acordo tem um conjunto de componentes, sublinhando que o fundamental é o trabalho feito entre as duas instituições no sentido de melhorar a área comercial, financeira e técnica e, por outro lado, o acesso aos serviços e produtos da Vodafone.

Entre outros trabalhos, avançou que “estão a ser feitos os levantamentos da situação para a identificação de algumas questões e posteriormente seguirem-se as recomendações para o mercado nacional, uma vez que são mercados diferentes”, explicou.

António Rocha disse ainda ser necessário um esforço conjunto por parte das operadoras para que haja uma melhoria ao nível das redes, pois elas possuem um grande número de clientes.

Sobre a Internet das Coisas, avançou que o tema é bom pois as aplicações deste seguimento visam simplificar cadeias de produção e melhorar o conhecimento, bem como gerir o dia-a-dia dos utentes. António Rocha entende que à Internet das Coisas é uma revolução tecnológica que visa conectar dispositivos electrónicos utilizados no dia-a-dia, como aparelhos electrodomésticos, electroportáteis, máquinas industriais e meios de transporte, um serviço cujo desenvolvimento depende da inovação técnica dinâmica em campos como os sensores wireless, a inteligência artificial e a nanotecnologia.

Uma operadora pioneira

Pioneira nas telecomunicações móveis em Angola, quando lançou o negócio em 1992, a Movicel, parcialmente detida pelo Estado, possui cerca de 2 milhões de assinantes, sendo a segunda maior operadora móvel do país, com 20% da quota de mercado. Actualmente, com varias agências por todo o país, a empresa conta com mais de 2 mil colaboradores.

O Grupo Vodafone tem operações móveis em 25 países, parceiros com redes móveis em mais de 43 e operações de banda larga fixa em 19 mercados, somando cerca de 700 milhões de clientes móveis e 21 milhões de clientes de banda larga fixa.

error: Content is protected !!