Angola estabelece record de cocaína apreendida no porto de Dakar

238 kg de cocaína foram encontrados, na Quarta-feira, escondidos em carros com destino a Angola. A droga foi encontrada nos portamalas de quatro novos veículos que vinham do Brasil. No mercado angolano, a mercadoria renderia quase dois mil milhões e meio de Kwanzas

É um novo recorde de apreensão de cocaína no porto de Dakar e aconteceu na Quarta- feira, 26 de Junho. A droga foi encontrada escondida nos porta-bagagens de veículos construídos no Brasil que seriam entregues a Angola. Os traficantes, claramente, não temiam os controlos. A cocaína, embalada em pacotes de um quilo, estava de facto, simplesmente colocada nas bagageiras de quatro carros novos fabricados no Brasil e que seriam entregues em Luanda. Foi depois de receberem esta informação que os funcionários aduaneiros decidiram procurar, verificar e revistar estes veículos durante os seus transbordos de um navio para outro. “ Desta vez é ao nível do porto.

É verdade que não é comum. São veículos que passavam por Dakar para embarcar num novo navio para Angola, diz Babacar Mbaye, director da alfândega do porto de Dakar. Dos 24 veículos, uma amostra de quatro ou cinco foi utilizada”. 238 quilos de cocaína. Esta é uma das maiores apreensões feitas no Senegal. Esta operação é um sucesso, diz Moctar Kettani Doucouré, o coordenador da Direção Geral das Alfândegas.

“ Assim que ocorre uma apreensão de drogas, é preocupante, porque significa que se destina às populações. Quaisquer que sejam os métodos utilizados, estamos prontos, enfrentaremos qualquer forma de tráfego e é isso que é importante “, diz ele. A investigação está em andamento. Nenhuma prisão foi feita no momento em solo senegalês. Como regra, os 238 quilos de cocaína serão destruídos. Ao preço de 2018, se esta cocaína chegasse ao mercado, renderia aos traficantes cerca de 2 mil e 400 milhões de Kwanzas.

leave a reply