Circuito Internacional de Teatro aberto com monólogo adaptado da obra de Guimarães Rosa

O evento decorre nas instalações da Liga Nacional Africana e tem por objectivo promover e dinamizar a actividade cultural

Um monólogo, adaptado da obra do escritor brasileiro Guimarães Rosa, com o título “A Terceira Margem do Rio”, interpretado pelo actor Renato Touzpin, abriu Sábado, em Luanda, a IV Edição do Circuito Internacional de Teatro. O solilóquio retratou a vida de um filho que aguarda pelo regresso do seu pai e este não aparece. O filho busca no seu imaginário um mundo vivido por vicissitudes, falta de afecto paterno e a convivência com sua mãe e irmã.

No final da peça, o actor brasileiro Renato Touzpin disse que a sua participação no Circuito Internacional de Teatro representa uma oportunidade para o fortalecimento do intercâmbio cultural com os outros participantes na actividade. Considerou a literatura e o teatro instrumentos de aproximação entre os povos, por ajudarem a conhecer os hábitos e costumes de determinadas populações.

O evento, promovido pela empresa angolana “Cultura para Todos”, conta com a participação de 47 grupos, de Angola, Moçambique, Brasil, Portugal, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe. O Circuito Internacional de Teatro, que decorre nas instalações da Liga Nacional Africana, tem o objectivo de promover e dinamizar a actividade cultural. As anteriores edições do Circuito Internacional de Teatro aconteceram em 2016, 2017 e 2018.

error: Content is protected !!