HUAMBO:Cidadã mata a mãe por lhe aconselhar a deixar de beber

A Polícia Nacional no Huambo confirmou a detenção de uma cidadã, de 33 anos de idade, acusada de matar a própria mãe, de 57 anos, no município do Bailundo

Segundo o relatório da Polícia naquela província, a que o nosso jornal teve acesso, a cidadã, para matar a mãe, teve como recurso uma pedra. O facto, ocorreu na aldeia de Cawe II, quando a acusada, insatisfeita com o conselho da mãe em fazer o uso moderado de bebidas alcoólicas, agrediu-a até à morte, chocando a vizinhança.

Neste momento, segundo a Polícia, a acusada encontra-se a contas com a justiça, para os devidos procedimentos investigativos. Para a mãe, era importante que a filha consumisse álcool de forma moderada, até porque se assim não fosse acarretaria muitos problemas. Problema esse que levou um cidadão a ser detido, na Huíla, por ter morto a sua esposa à catanada.

A acção terá sido motivada por uma discussão começada no interior de uma residência onde o acusado e a vítima conviviam, no bairro da Mapunda. “Os dois encontravam-se a consumir bebidas alcoólicas, depois de ébrios, entraram em brigas, onde ele desferiu dois golpes com uma catana, tendo um atingido na região craniana e outro no membro superior esquerdo, causando morte imediata”, contou, um familiar à Polícia.

error: Content is protected !!