XIV edição do FESTECA promove intercâmbio entre os grupos

A XIV edição do Festival Internacional de Teatro do Cazenga (FESTECA), que arranca amanhã, 4, no Centro de Animação Artística do Cazenga (ANIM’ART), vai promover o intercâmbio cultural e teatral entre os 24 grupos provenientes de cinco países

O festival, de carácter anual, que decorre sob o lema “Juventude Arte e Amor: 30 anos ao serviço da sociedade”, durante 11 dias vai promover a realização de acções formativas como Oficina de Teatro e Intercâmbio Cultural, que serão dirigidas por directores de teatro nacionais e estrangeiros. Durante a série, serão realizadas cinco conferências dominadas com temas como “As parcerias para o desenvolvimento do teatro nos PALOP”, “Caminhos da formação teatral em Angola” e “Festivais de teatro e mobilidade artística em África”. As apresentações dos mesmos serão dirigidas por oradores nacionais, um moçambicano, um brasileiro e um cabo-verdiano.

Exibições As apresentações das peças teatrais estão a cargo dos grupos provenientes de seis províncias, nomeadamente Luanda, Malanje, Benguela, Cabinda, Cuando Cubango e Cuanza-Sul. Entre eles, consta o Tic Tac, Estrelas ao Palco, Teatro do Oprimido, Ineditus , Artes Sol, Amazonas, Lagrimas Negras, Gesta Artes e Letras, Monte Sinai, Filhos de Angola, Okonda Ikuto, Conjuntura D`Artes, Ndokuenu, S.O.S Teatro, Arco Iris e Ombaka. Os referidos grupos levarão ao palco do FESTECA as peças “Eva: a praga do passado”, “Quando é que o feitiço é bom”, “A carta do enforcado”, “Tomara que chova, mas bem longe daqui”, “Cemitério 38”, “Entre a bênção e a maldição”, “A inocência”, “A rol out da Luísa”, “Linhas cruzadas”, “Kakila: O segredo da lagoa”, “Matumbisse de ouro” e “ Escolas de mulheres.

Outras participações

Nesta edição estarão presentes grupos do Brasil, Moçambique, África do Sul, Cabo Verde e Portugal. São as companhias, Letras de Rosa, Deslimitadas, Estrela D`Alva, C.R.A, Magnet Theatre e Fladu Fla.

Homenagem

A XIV edição do FESTECA vai homenageado Turma Cómica KK (Kunda e Kapuete), do município do Cazenga. De acordo com a organização do evento, a homenagem deve-se ao trabalho desenvolvido pelo grupo durante os últimos cinco anos, bem como o seu contributo para as artes cénicas. Quanto ao lema do festival, o presidente da Globo Dikulu, Orlando Domingos, referiu que se deve à comemoração dos 30 anos da sua organização. Entretanto, as celebrações ocorrerão em Agosto, após a realização do FESTECA, com uma gala de homenagem a todos os membros fundadores dessa associação. “São cerca de 60 membros que começaram com o processo. Essa homenagem será feita também a título póstumo”, contou.

O FESTECA

O FESTEC A é promovido pela Globo Dikulu (Acção para o Desenvolvimento Juvenil), através do (ANIM’ART) e tem como objectivo dinamizar um certame que proporcione espaço de intercâmbio teatral, ofereça oportunidade aos grupos e companhias de teatro para mostrarem os seus trabalhos. Além das apresentações teatrais são realizadas actividades paralelas, que comportam exibições de teatro de rua, oficinas teatrais e intercâmbio cultural orientadas diariamente por directores e actores dos grupos participantes.

error: Content is protected !!