Nigéria e Camarões: uma final antecipada

to de campeão africano, quer evitar tais cenários, uma vez que revalidar é o objectivo. Na outra partida, o Egipto, donos de casa, recebem a África do Sul, às 20:00. Os sul-africanos enfrentam a única equipa que joga com casa cheia. No Domingo, o Madagáscar recebe a República Democrática do Congo (RDC), às 17:00. Os congoleses são obrigados a vencer para salvar o técnico Florent Ibengue. A Argélia joga com a Guiné Conacry, às 20:00, ao passo que na Segunda-feira o Mali, carrasco de Angola, abre os oitavos com a Cote d’Ivoire. O Gana fecha esta fase com a Tunísia.

Amanhã, o jogo entre a Nigéria e os Camarões, pela dimensão que ostentam no futebol africano e mundial, será uma final antecipada. Os nigerianos, com uma selecção renovada, querem surpreender os camaroneses, numa partida com resultado imprevisível. Lutar por uma vaga nos quartos é a tarefa das Águias e dos Leões Indomáveis, mas o empate não é aqui chamado. A partida, se terminar empatada, vai jogar-se o prolongamento e se o resultado se mantiver, vai partir- se para a marca das grandes penalidades. Os camaroneses, com o estatuto de campeão africano, quer evitar tais cenários, uma vez que revalidar é o objectivo. Na outra partida, o Egipto, donos de casa, recebem a África do Sul, às 20:00. Os sul-africanos enfrentam a única equipa que joga com casa cheia. No Domingo, o Madagáscar recebe a República Democrática do Congo (RDC), às 17:00. Os congoleses são obrigados a vencer para salvar o técnico Florent Ibengue. A Argélia joga com a Guiné Conacry, às 20:00, ao passo que na Segunda-feira o Mali, carrasco de Angola, abre os oitavos com a Cote d’Ivoire. O Gana fecha esta fase com a Tunísia.

error: Content is protected !!