Editorial:Vontade não basta

A Ministra do Turismo, ontem, em Mbanza Kongo, voltou a falar da exiguidade de camas hoteleiras na cidade e da necessidade de se criar uma rede que aumente a oferta. Muito bem, a ministra tem toda a razão, mas talvez apenas para estes dias de festival, porque depois disso, o turismo, como se sabe, não se faz sentir. Se existisse procura, como noutras partes, as pessoas encontrariam soluções para ganhar dinheiro, alugando quartos, casas, acampamentos, etc. O problema está acima da boa vontade e empenho, visível, do Ministério do Turismo. Esta actividade tem de ser um bom negocio para os empreendedores, que, certamente, apostarão melhor quando houver formas de os turistas lá chegarem com facilidade e mais atracções na região.

error: Content is protected !!