Indústria transformadora cresce 1,8%

A indústria transformadora em Angola cresceu 1,8%, em 2018, com a entrada em funcionamento de 18 novas unidades fabris, durante o ano de 2017, releva livro publicado esta semana

A obra publicada em Luanda, com o título “A Inovação Industrial na Micro, Pequena e Média Empresas em Angola”, de autoria de Claudmir Vaz Lopes, refere que o dinamismo esperado no sector da agricultura e a retoma da disponibilidade de divisas para a importação de matéria-prima, acessórios e sobressalentes e novos equipamentos, no limite das necessidades do sector, contribuíram para um melhor desempenho do ramo industrial.

Com base no programa de pesquisa de produção industrial mensal (PPIAM) do Ministério da Indústria, cerca de 550 unidades industriais em todo o país reportaram a sua produção regularmente. Ainda de acordo com a obra, em 2017 foram cadastradas e licenciadas novas 84 unidades industriais, menos 22% e 42% em relação aos anos de 2016 e 2015 respectivamente, sendo que a maior parte das unidades autorizadas correspondem ao sector alimentar seguido do sector dos materiais de construção.

Este abrandamento, de acordo com o autor, remete a uma maior atenção às unidades industriais existentes, com o intuito de apoiá-las a alcançar e aumentar a produtividade, através da introdução de ferramentas de melhoria contínua e de inovãção.

leave a reply