PIMM e orçamentos duplos

mentação.Penso que este exercício deverá continuar no sentido não só de informar melhor os cidadãos, mais também de permitir actualizar os orçamentos e identifi car anomalias do projecto, como por exemplo o duplo orçamento constante no programa para o município de Viana, relativo a escola Ndogy (rua da praça do material de construção) situada no bairro do Kapalanga que inclusive já sofreu reabilitação e construídas 3 salas de aula em 2018. Pergunto com que intenção foi feito? Não se trata de cópias das acções do PIP? Porquê que não apresentam os projectos do PIIM a nível dos bairros onde os investimentos serão realizados?Daí, ser imperioso que o executivo faça uma revisão exaustiva dos orçamentos a nível dos municípios, antes que se disponibilize os respectivos montantes, evitando assim que tenhamos um parto de uma gravidez vista nos últimos meses. Vamos acreditar, mais também vamos exigir para que desta vez tenhamos benefícios do Fundo Soberano! Lemos Ganga- Viana

O mês de Julho começou em alta com a análise das questões de fundo dos nosso PIIM. Devo aqui dar nota boa aos mídias que estão a realizar debates que estão a produzir informações e detalhes importantes para os munícipes e futuros beneficiários do programa, que seriam até certo ponto já do domínio dos cidadãos uma vez o executivo assumir a sua participação na identificação das prioridades nas áreas de implementação.Penso que este exercício deverá continuar no sentido não só de informar melhor os cidadãos, mais também de permitir actualizar os orçamentos e identificar anomalias do projecto, como por exemplo o duplo orçamento constante no programa para o município de Viana, relativo a escola Ndogy (rua da praça do material de construção) situada no bairro do Kapalanga que inclusive já sofreu reabilitação e construídas 3 salas de aula em 2018. Pergunto com que intenção foi feito? Não se trata de cópias das acções do PIP? Porquê que não apresentam os projectos do PIIM a nível dos bairros onde os investimentos serão realizados?Daí, ser imperioso que o executivo faça uma revisão exaustiva dos orçamentos a nível dos municípios, antes que se disponibilize os respectivos montantes, evitando assim que tenhamos um parto de uma gravidez vista nos últimos meses. Vamos acreditar, mais também vamos exigir para que desta vez tenhamos benefícios do Fundo Soberano!

Lemos Ganga- Viana

error: Content is protected !!