Comandante-geral da PN quer reforço no asseguramento da fronteira

O comandante-geral da Polícia Nacional (PN), Comissário-geral, Paulo de Almeida, pediu ao efectivo , em Ondjiva, província do Cunene, o reforço das acções de segurança para prevenção de crimes que ocorrem na fronteira entre Angola e a vizinha República da Namíbia

A província do Cunene, partilha 460 quilómetros de fronteira com a República da Namíbia, dos quais 340 terrestre e 120 fluviais, usada quer por nacionais, quer por estrangeiros e em alguns casos com intenções nocivas à segurança pública. Paulo de Almeida, que falava para as forças em parada, no balanço da visita de trabalho de três dias à província do Cunene, considerou ser preocupação na fronteira os crimes de tráfico de seres humanos, drogas e a imigração ilegal.

Com isto, disse ser necessário que os efectivos estejam mais disponíveis e dedicados para cumprirem com maior responsabilidade as suas tarefas, garantindo a inviolabilidade da fronteira e o combate activo à criminalidade. Por outro lado, esclareceu que a PN tem em curso um processo de mudança, reestruturação, organização e funcionamento, que visa apetrechar com meios técnicos as esquadras policiais, postos e destacamentos que vão permitir combater tais crimes.

Paulo de Almeida considera tais mudanças como necessárias, pois vão permitir valorizar ainda mais os quadros colocados nestas unidades policiais de forma a exercerem com mais responsabilidade, profissionalismo e espírito de missão o seu trabalho.

Durante a sua estadia no Cunene, o comandante-geral da Polícia Nacional, comissário- geral Paulo de Almeida, procedeu ao patenteamento de 1.158 efectivos da corporação no Cunene aos graus de inspectores chefes, primeiro e segundo subchefes e agente de segunda classe. Constatou também o funcionamento dos postos de guarda fronteira nos marcos fronteiriços 19, 22 e 30 e na subunidade de Cavalaria e Cinotécnia da Polícia de Guarda Fronteira, em Santa-Clara, assim como teve um encontro com o governador do Cunene, Vigílio Tyova e reuniu-se com os membros do Conselho Consultivo da Polícia na região.

error: Content is protected !!