Empossado novo secretário provincial da CASA-CE em Luanda

O Secretariado Executivo Provincial da CASA-CE de Luanda conta desde ontem, Sábado, 5, com um novo secretário, Mendes da Conceição (Mendinho), empossado pelo presidente desta coligação, André Mendes de Carvalho (Miau)

Ireneu Mujoco

Mendes da Conceição, que foi o coordenador da comissão de gestão da CASA- CE na província de Luanda, substitui Alexandre Dias dos Santos (Libertador), que abandonou esta força política em Janeiro do ano em curso, tendo regressado à UNITA, seu antigo partido. Libertador rompeu com a CASA- CE depois da crise de liderança que assombrou esta coligação ainda no tempo do antigo presidente do Conselho Presidencial, Abel Chivukuvuku, afastado em Fevereiro pela actual direcção por alegada “quebra de confiança”.

Chamado a intervir no acto, o novo secretário agradeceu a confiança que lhe foi depositada pela direcção da coligação, decorrente do bom desempenho enquanto responsável da comissão de gestão, e promete redobrar o trabalho para corresponder às expectativas. Disse ser uma honra assumir este novo cargo, mas também uma difícil missão, tendo em conta os novos desafios que se lhe apresentam pela frente, mormente as eleições autárquicas e as eleições gerais (em 2019 e 2022), respectivamente.

Apesar dos constrangimentos, para exercer política na capital do país, sendo o principal centro político-administrativo e principal praça eleitoral, Mendes da Conceição promete apresentar resultados animadores, durante o seu mandato. Para se alcançar este propósito, o jovem político quer contar com o apoio da direcção, dos seus principais colaboradores e da massa militante da CASACE.

Apoio garantido

E este não vai faltar a Mendes da Conceição, segundo o presidente da CASA-CE, André Mendes de Carvalho (Miau) que disse reconhecer competência e dinamismo no novo dirigente desta coligação de seis partidos políticos. Miau garantiu que o novo “homem forte” desta frente política na província de Luanda terá o apoio do colégio presidencial, órgão supremo desta coligação, do Secretariado Executivo Nacional e dos escalões intermédios.

Na sua curta intervenção,pediu a Mendes da Conceição que durante o seu mandato trabalhe com humildade e em sintonia com todos, para que se alcance os objectivos que se pretende. “Trabalhar é o mais importante, porque é a nossa missão”, sublinhou o dirigente da “CASA”, apontando Luanda como uma praça em que se não deve perder eleições. “Quem perde em Luanda, perde tudo”, alertou.

Ganhar eleições e formar Governo

Para os próximos desafios, a CASA-CE, na voz do seu presidente, vai redobrar o trabalho para ganhar eleições gerais em 2022, ou, no mínimo, ampliar o número de deputados na Assembleia Nacional. Por isso, alertou, o trabalho de recrutamento e mobilização tem que ser redobrado em todo o país, sendo que os outros partidos também perseguem o mesmo propósito. Mas o que mais preocupa a CASA-CE e André Mendes de Carvalho é o MPLA, que considera como sendo o principal adversário político, que pensa derrotar nas próximas eleições gerais.

Mudanças do topo à base

Rafael Aguiar, secretário nacional executivo, que teceu também algumas considerações no acto, disse que as mudanças para a reorganização interna a nível da coligação vão continuar. Depois de terem começado no topo, elas deverão descer aos escalões mais baixos, ou seja, movimentações nos secretariados municipais e comunais para adequar o funcionamento interno que se pretende. Refira-se que a CASA-CE está a levar a cabo em todo o país um processo de reestruturação e organização dos seus secretariados provinciais, desde a entrada em funcionamento da nova direcção liderada por André Mendes de Carvalho

error: Content is protected !!