Governador reitera apelo para o fomento da produção do café

O governador do Uíge, Pinda Simão, defendeu, Sábado, no município de Mucaba, a 66 quilómetros da cidade capital da província, a necessidade de se apostar no fomento da produção do café e na melhoria da qualidade do produto para alavancar o desenvolvimento da economia da região

Falando na abertura da campanha de colheita do café 2019, o responsável admitiu que o Governo está a trabalhar paulatinamente na criação de condições necessárias para que haja aumento da produção e maior qualidade do produto. “A nossa missão é produzir mais e também produzir café com qualidade e que possa ser apreciado no mercado interno e internacional”, assim sendo, disse, obtêm-se mais recursos financeiros para apoiar o seu desenvolvimento e a base tributária.

Reconheceu que a produção do café na província baixou em relação aos anos passados, em que atingia cerca de 80 mil toneladas/ ano, contra as seis mil actuais, pelo que se deve continuar a trabalhar para produzir mais e melhor, acrescentou. Sublinhou ser necessário que haja mais investimentos no sector do café, para que se aumente os níveis de produção como acontecia no passado. Por sua vez, Paulo Mutange, proprietário da fazenda que acolheu a cerimónia de início da campanha, em representação dos cafeicultores do Uíge, solicita mais incentivos financeiros para os produtores, com vista à elevação dos níveis de produção.

Entretanto, lamentou as dificuldades que enfrentam no que toca ao acesso a crédito bancário, meios de produção, mau estado das estradas para escoamento do produto, falta de transporte, entre outros problemas que dificultam o aumento da produção. Produtores de café, membros do governo, autoridades tradicionais e religiosas, testemunharam abertura da campanha que decorreu na fazenda Paulo Mutange, em Mucaba, município com grandes potencialidades cafeicolas na província.

error: Content is protected !!