Seis pessoas mortas por consumo de carne infectada

Seis pessoas morreram depois de terem comido carne de vaca morta por carbúnculo sintomático, na Matala sintomático

As mortes fora confirmadas pelas autoridades sanitárias locais. Mariana Soma declarou que as vítimas consumiram a referida carne por desconhecerem que a mesma estava inapropriada para o consumo humano. “Tivemos seis casos de carbúnculo que, infelizmente, resultaram em óbito, mas já conseguimos controlar.

O gado está a ser vacinado e todos os casos com suspeita estão a ser acompanhados”, garantiu a técnica Lucina Guimarães. Para se evitar mais casos de morte pelo consumo de carne de animais infectados, Lucina Guimarães diz ser necessário evitar o seu consumo. Até ao momento, 10 pessoas foram infectadas pela doença e encontram-se já medicadas.

Governador Garante apoio

De realçar que o governador da Huíla, Luís da Fonseca Nunes, garantiu que será prestada maior atenção à comuna do Mulondo, durante a visita que efectuou a essa localidade na última Sexta-feira, 5. Na visita de trabalho de 12 horas à localidade, o governante revelou que serão feitos mais furos de água, com o objectivo de incentivar a prática da agricultura, e distribuídas motobombas aos camponeses para que estes possa optar pela cultura de regadio. “Não se aceita que a população desta comuna se queixe de fome. Vocês têm o rio Cunene a dois metros das vossas casas, por isso devem optar pela cultura de regadio”, apelou.

error: Content is protected !!