O editorial:Finjam ao menos!

Os números indicados na capa deste jornal na edição de ontem, de crianças que morrem na província do Huambo por malnutrição, além de constituírem um verdadeiro escândalo, transformam-se num enorme insulto à nossa condição humana quando no dia seguinte nenhuma das altas individualidades do país se pronuncia. Aliás, nem as da Oposição parlamentar.

É inadmissível que mais de dez crianças morram todos os meses, numa só província, por malnutrição. É ainda mais inconcebível que uma notícias destas receba a mais dura indiferença oficial das autoridades. Um comunicado, uma pronunciamento, o que fosse, ao menos fingissem que se importam com os angolanos.

error: Content is protected !!