Prodesi carece de disponibilidade financeira do sector privado

O ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, afirmou ontem que o Programa de Apoio à Produção, Exportação, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi) carece de disponibilidade financeira do sector privado – motor do crescimento económico. Ao intervir na Conferência Internacional sobre “Financiamento do Desenvolvimento Económico”, que decorre na 35ª edição da FILDA, Pedro Luís da Fonseca disse que este fórum (a conferência) acontece para mudar o quadro actual do país.O ministro referiu que em Angola, nos últimos anos, a chamada contabilidade do crescimento económico, coincidente com a análise das componentes do crescimento do ângulo da procura agregada da economia, foi amplamente favorável às componentes externas do PIB, tais como o investimento privado estrangeiro nos petróleos e nos diamantes e as exportações dos correspondentes produtos. Esta estrutura assimétrica nas duas variáveis do crescimento económico, segundo o gestor, têm como consequência, resultados perversos, tais como a extroversão, a transferência duma importante percentagem de renda para o exterior, dependência do comportamento dos mercados mundiais em matéria de preços e procura.

error: Content is protected !!