O editorial: Que assim seja

O editorial: Que assim seja

João Lourenço, o Presidente angolano, augura “dias melhores” na região dos Grandes Lagos. É bom ouvir do Presidente este desejo, esta vontade, ou, o bom que seria, um anúncio. A região merece e anseia por dias melhores. O Presidente angolano fez tal pronunciamento quando tinha em Luanda, consigo reunidos, os presidentes da República Democrática do Congo, do Rwanda e do uganda. quatro chefes de Estado cujo papel, se bem concertado, pode encerrar a chave para a paz na região e para a prosperidade dos seus povos. É uma questão de vontade, é também uma questão de inteligência, já que, manifestamente, há vontades contrárias. Há acção contrária. Acabar com os grupos armados, certamente que não será fácil, dada a extensão da RDC e dadas as tais vontades contrárias. Mas Tshisekedi ter vindo é já um bom sinal. Mais ainda quando o continente avança para uma zona de comércio livre, o que anula as razões dos confl itos fronteiriços. Há dias melhores à espera.