Advogados descontentes com tratamento aos membros

O tratamento que algumas entidades públicas reservam aos advogados desprestigia e enfraquece o seu papel diante da sociedade, lamentou, Sexta – feira, no Luena, a presidente do Conselho Inter – provincial da Ordem dos Advogados da Região Leste, Josefina André da Conceição Samuel, citada pela Angop

A presidente  , que falava no 2º Colóquio de Advogados da região que compre ende as províncias do Moxico, Lunda- Sul e Lunda-Norte, disse não compreender, por exemplo, que no tribunal provincial do Moxico não exista uma sala para advogados, apesar de estar prevista na lei. Para ela, o advogado tem que deixar de se intimidar diante de autoridades que restringem ilegitimamente a sua actuação, pelo facto de falar em nome daqueles que não têm voz.

Josefina Samuel lembrou que uma das bandeiras levantadas pela Ordem dos Advogados de Angola (OAA) é dar assistência jurídica aos cidadãos vulneráveis, sobretudo os desprovidos de recursos financeiros. A propósito, o Conselho da Ordem dos Advogados da Região Leste vai visitar cinco municípios, dos nove da província do Moxico, para prestar assistência jurídica gratuita à população necessitada.

O encontro decorreu sob o lema “O exercício da advocacia no Estado democrático e de Direito” e teve como objectivo a troca de ideias e experiências entre os magistrados das três províncias, bem como a coesão da classe na região.

Durante o debate, os participantes abordaram temas ligados à ética e à deontologia no exercício da advocacia, análise da implementação da nova organização judiciária, lei 2/15, bem como assistiram a uma aula de sapiência sobre “As prerrogativas do advogado”.

No termo do evento, 12 advogados estagiários receberam as suas cédulas profissionais, para permitir o exercício de forma legal da actividade. A região Leste conta com 42 advogados efectivos e 51 estagiários, distribuídos em 11 escritórios, número considerado ínfimo, a julgar pelos processos que dão entrada nos tribunais locais.

leave a reply