MPLA em Luanda quer militantes com atitudes mais vigorosas contra as más práticas

MPLA em Luanda quer militantes com atitudes mais vigorosas contra as más práticas

O primeiro secretário provincial, Sérgio Recova, que falava durante a abertura da campanha pública sobre a “ moralização da sociedade”, a ser desenvolvida pelos membros do seu comité a nível da capital do país, disse que os militantes do seu partido devem adoptar por uma atitude vigorosa de ruptura com as más práticas

O primeiro secretário provincial do MPLA em Luanda, Sérgio Luther Rescova Joaquim, apelou, ontem, aos militantes do seu partido, para optarem por atitudes vigorosas contra as más práticas de governação. Segundo o político, com tais acções, os militantes do partido estarão a contribuir para que não se manche o bom nome da sua estrutura partidária.

Sérgio Recova, que falava durante a abertura da campanha provincial pública sobre a “ moralização da sociedade” que será desenvolvida pelos membros do seu comité a nível da capital do país, disse que os militantes do MPLA devem adoptar uma atitude vigorosa de ruptura com as más práticas.

O político, lembrou que não foi por acaso que o partido, na sua agenda política para o presente ano, elegeu o combate contra a corrupção, o nepotismo e a bajulação, por serem práticas que concorrem para a fragilização das instituições e para o impedimento do desenvolvimento.

Acrescentou que essas práticas são destruidoras da moral social e causadoras de impacto negativo nos investimentos, interno e externos, de que o país tanto necessita para o seu desenvolvimento e criação de novos postos de emprego.

Com essa acção, o MPLA deseja contribuir para a moralização da sociedade angolana com o combate à corrupção, ao nepotismo, à bajulação e à impunidade, através de uma ampla campanha pública de apoio ao presidente do partido e ao Executivo.