Casos de malnutrição aumentam em Ondjiva

Sessenta e seis crianças com malnutrição severa deram entrada nos últimos sete dias, no Hospital Geral de Ondjiva, província do Cunene, mais 10 em relação a igual período anterior, fez saber ontem, Domingo, o director clínico da instituição, Tchimali Florim.

Em declarações à Angop, o responsável explicou que a maior parte dos casos é oriunda de zonas rurais onde as famílias vivem na escassez de alimentos e que a nível do hospital as crianças recebem, por dia, oito refeições à base de leite terapêutico para uma rápida recuperação. Fez saber, por outro lado, que estão internados no hospital 260 pacientes com doenças respiratórias agudas, diarreicas, malária, tuberculose, VIH/SIDA, febre tifóide e malnutrição, dos 4.200 pacientes assistidos durante o período em referência, sendo na sua maioria adultos.

O Hospital Geral de Ondjiva comporta 250 camas e dispõe de 35 médicos, entre os quais 11 nacionais e 270 enfermeiros. O Cunene conta com uma rede hospitalar de 146 unidades sanitárias, asseguradas por 77 médicos e 946 enfermeiros.

error: Content is protected !!