Polícia detém supostos comerciantes de placas de viaturas roubadas

Efectivos da Polícia Nacional detiveram na Terça-feira dois indivíduos que supostamente se dedicavam à comercialização de acessórios electrónicos de viaturas furtados, entre os quais, placas, em Luanda.

Segundo uma fonte de OPAÍS, em posse de Bartolomeu Paulo Kudiela, mais conhecido por Baptista, de 33 anos, um dos implicados, foram apreendidas 97 placas eletrônicas de viaturas, sendo, 70 de Toyota, cinco de Mitsubishi, seis de Hyundai, oito de Kia e igual número de marcas por não reveladas. Para além desses meios, foram apreendidos 09 painéis de controlo diversos, 51 pares de elevadores de marcas diversas e 131 elevadores ímpares.

Todos esses meio se encontravam guardados numa casa de processo, como são designadas as residências transformadas em armazéns nas imediações dos mercados informais. As autoridades policiais chegaram até ele após deterem o cidadão Pedro Domingos Álvaro, mais conhecido por Chiba, de 30 anos, a vender na via pública, uma placa electrónica de viatura de marca Hyundai i10, presumivelmente furtada, no valor de 100 mil Kwanzas, no âmbito de uma operação de combate ao furto desses meios em Luanda.

O jovem declarou que a recebera das mãos de Baptista, que alega que as peças que comercializa no mercado dos Correios, são propriedade de um cidadão de nacionalidade nigeriana que se encontra em fuga. Em troca desse serviço, Chiba receberia uma comissão de 10 mil Kwanzas. Por outro lado, em sua defesa, segundo a nossa fonte, Baptista disse que o seu patrão, que regressou ao seu país de origem com o medo de “cair nas malhas” da Operação Resgate, cedeu- lhe tais meios para que pudesse fazer a sua própria vida.

error: Content is protected !!